Não quero ouvir: Apartai-vos de mim vós que praticais a iniquidade.

6 01 2011

Mateus 7:21 á 23

21 Nem todo o que me diz Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que estas nos céus.

Refletindo!!!!

Somente aqueles que fizerem a vontade do Pai que entrarão no Reino dos céus.

Não basta clamar ou chamar pelo Senhor. Precisamos fazer a VONTADE DO PAI!!!

O que Jesus nos ensinou? Qual é a vontade do pai? O que Ele nos pede? Como poderemos fazer a Vontade do Pai?

Vamos ler e meditar em Mateus capítulos 5, 6 e 7. Lá está explicitamente a Vontade do Pai.

Respostas!!!

Deus nos pede somente uma coisa. AMOR.  Mateus 22:36 á 40.

A vontade de Deus é que andemos em AMOR.

Mateus 5:16

Mateus 5:20 á 48

Mateus 6 e

Mateus 7

Fazemos a Vontade do Pai em amor, renunciando as nossas vontades, a nós mesmos.

Mateus 18:24 á 28

22 Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizmaos nós em Teu nome? E, em Teu nome não expulsamos demônios? E, em Teu nome não fizemos muitas maravilhas?

Refletindo!!!!

O nome de Jesus tem poder, e Deus nunca irá envergonhar o nome de Jesus.

Conhecemos a Jesus suficiente para sabermos quel é a perfeita e agradável vontade de seu Pai?

Qual é a motivação ao usar o Nome de Jesus para fazer todas as “obras” que fazemos? Qual é o real interesse?

Nessas “obras” existe o mais importante? E o que é o mais importante?

Respostas!!!!

Em I Corintios 13, o Apóstolo paulo fala sobre a suprema excelência do Amor. Nos versículos 1 a 3 diz que podemos realizar boas obras para qualquer pessoa, porém se não tiver AMOR não tem proveito algum.

A nossa motivação precisa ser o AMOR.

Amor que Deus tem por nós. Amor que nós temos por Deus. AMor que devemos ter uns pelos outros. Segundo I João 4:7 ” qualquer que ama é nascido de DEus e conhece a Deus.”

Em I João 4:7 á 21 fica claro que sem o Amor não conhecemos a Deus e nem suas vontades.

23 E, então, lhes direi abertametne: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.

Refletindo!!!!

O Senhor precisa me conhecer. E como posso ser conhecido de Deus?

Qual a diferença entre pecado e iniquidade?

Respostas!!!!

Pecado: A palavra pecado significa apenas “errar o alvo”  quando alguém está atirando em um objeto. Significa ficar aquém do objetivo que alguém está almejando.

Suponhamos algo que é impossível: Alguém que, tendo uma boa consciência, lavasse as suas mãos e dissesse: “Eu não tenho nenhum pecado em minha vida passada ou presente. Nunca quebrei conscientemente um dos mandamentos de Deus. Além disso, meu coração é puro, e minha mente, limpa. Não existe um pensamento ou uma emoção dos quais eu me envergonho no menor grau.”

Suponha a fantástica possibilidade de que tal ser humano já existiu. Mesmo que tudo isso fosse verdadeiro, ainda haveria o pecado – o ficar aquém do alvo.

“Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o seu entendimento” (Mateus 22:37). Você fez isso hoje? É claro que não. Então, você é um pecador;não atingiu o padrão de Deus. No melhor de nós mesmos, em nosso estado mais elevado, ficamos aquém, todos nós ainda pecamos.

Os nossos erros são doenças horríveis, repugnantes, são enfermidades que precisam ser purificadas – Pecado.

Iniquidade: Tem haver com algo interno, com a perversidade da mente – aos impulsos maus do seu intimo, do seu coração e sua mente. Iniquidade tem haver com as obras distorcidas e secretas de seu homem interior.

A palavra iniquidade significa: curvatura, refere-se a alguma coisa que foi curvada ou distorcida.

De acordo com o Prº paschoal Peragine Júnior, Iniquidade é quando ficamos tão acostumados ao pecado que não temos mais vergonha de cometê-lo e ele passa a ser algo tremendamente natural na nossa vida. Não reconhece como pecado determinada ação.

Não é verdade que existe em seu íntimo muitas coisas más e enganosas? As vezes você não é invejoso? Ou sente ira e raiva pecaminosa? Em algumas ocasiões, você não é egoísta e enganador? Não existe uma diferença entre aquilo que o mundo vê e a pessoa que você realmente é? Isto é iniquidade.

Os nossos erros são sujeiras arraigadas que contamina tudo que você é, e por isso precisa ser lavadas. Iniquidades.

Somos conhecidos de Deus e por Ele andando em Amor e guardando os seus mandamentos.

Não devemos amar somente em palavras, mas em obras e em verdade. I João 3.

Fiquem na Graça de Deus!!!!!

Joice Mathias de Oliveira

About these ads

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: